DONALD TRUMP E O ATAQUE MORTAL AO LÍDER DO ISIS

DONALD TRUMP E O ATAQUE MORTAL AO LÍDER DO ISIS


Eram talvez 12, mas com certeza não eram menos de oito os helicópteros negros, grandes, ao menos três deles artilhados, armados com canhões de 30 mm e oito mísseis Hellfire em cada um. Todos modelos de baixo nível de ruído e equipados com bloqueadores de sinais eletrônicos. Acima deles, estavam os drones, as aeronaves sem piloto, dotadas de sensores digitais e recursos de visualização de alta definição. No perímetro externo, um círculo calculado em dezenas de quilômetros, caças pesados de escolta.
O recurso principal da operação seguia, entretanto, embarcado nas aeronaves do centro do comboio esparso -, o time do Esquadrão A da Força Delta, uma das mais poderosas, mortais e secretas unidades do Exército americano, especializada em antiterrorismo. O grupo, também designado como 1.º Destacamento Delta Operacional, fica em Fort Bragg, na Carolina do Norte. E isso é uma das poucas coisas que se sabe a seu respeito.
Agencia Estado – Roberto Godói



Compartilhe