single-post

Candidatos a governador da Bahia

62 dias atrás - Em: 18/08/2018 03:20



Célia Sacramento (Rede)

A Rede Sustentabilidade confirmou o nome de Célia Sacramento como candidata ao governo da Bahia em convenção estadual realizada no último sábado (28), em Salvador.

Célia Sacramento nasceu em São Paulo, mas mora em Salvador desde os seis anos de idade. É mestre em controladoria e contabilidade pela Universidade de São Paulo (USP) e doutora em engenharia de produção pela Universidade Federal Santa Catarina (UFSC).

Foi candidata a vice-presidente da República ao lado de Eduardo Jorge (PV), em 2014. Antes, em 2012, foi eleita vice-prefeita de Salvador na chapa com ACM Neto (DEM). Em 2016, após sair do cargo de vice-prefeita da capital, disputou pela primeira vez o posto máximo do Palácio Thomé de Souza, mas não foi eleita.

 João Henrique (PRTB)

O PRTB oficializou nesta terça-feira (31) o nome de João Henrique Carneiro como candidato governador.

Filho do ex-governador João Durval Carneiro (PDT), ele foi prefeito de Salvador por dois mandatos, entre 2005 e 2013. É formado em economia pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), com pós-graduação em desenvolvimento econômico e administração de cidades.

Foi duas vezes vereador de Salvador, tendo sido eleito pela primeira vez em 1988. Em 1994, concorreu Assembléia Legislativa da Bahia, sendo eleito deputado estadual pelo PDT. Foi reeleito deputado estadual nas eleições de 1998 e 2002. Em 2004, disputou a prefeitura da capital baiana pelo PDT, sendo eleito no segundo turno.

João Santana (MDB)

O MDB confirmou, em convenção estadual da legenda nesta quarta-feira (1º), em Salvador, o nome do ex-ministro João Santana como candidato.

Natural de Nazaré das Farinhas e atual presidente do partido da Bahia, ele é formado em engenharia elétrica pela Escola de Engenharia Eletromecânica do estado. Foi professor na mesma instituição de ensino e chefe de manutenção geral do Complexo Hidroelétrico da Central do Funil.

Atuou como ministro da Integração Nacional no governo Lula, em 2010, e também foi secretário municipal de Serviços Públicos de Salvador, superintendente do INSS na Bahia, presidente da Companhia de Habitação do Estado da Bahia (URBIS) e presidente da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa).

 José Ronaldo (DEM)

O ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, foi confirmado pelo DEM, em convenção do partido realizada nesta sexta-feira (3), em Salvador, como candidato ao governo.

Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), atuou como professor, atuou na Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial, a antiga Cedic e teve passagem pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura de Feira.

A vida política teve início em 1976, como suplente, na Câmara de Vereadores de Feira, onde também atuou como edil. Em 1986, foi eleito deputado estadual e reeleito nos anos de 1990 e 1994. No final dos anos 90, se elegeu deputado federal. Em 2000, voltou prefeitura de Feira e se reelegeu em 2004. Foi novamente eleito prefeito em 2012 e reeleito para o cargo em 2016.

Marcos Mendes (PSOL)

Marcos Mendes foi confirmado pelo PSOL como candidato ao governo da Bahia em convenção do partido realizada no último domingo (29), em Salvador.

Natural da capital baiana, ele é formado em geologia pela Universidade Federal da Bahia, com especialização em Meio Ambiente, pós-graduação em gestão pública municipal e governamental e mestrado em geologia ambiental. Já atuou como professor universitário substituto no Instituto de Geociências da UFBA.

 Concorreu ao primeiro cargo eletivo em 2006, como deputado federal. Foi candidato a vereador por duas vezes, em 2008 e em 2012. Nas eleições de 2010 e de 2014, também disputou o cargo de governador, mas não atingiu o número de votos suficientes para ocupar o posto.

Orlando Andrade (PCO)

O Partido da Causa Operária (PCO) confirmou, em convenção realizada no dia 5 de agosto, em Salvador, o nome de Orlando Andrade, de 33 anos, como candidato ao governo da Bahia.

Natural de Feira de Santana, ele ocupa a função de carteiro nos Correios. É ativista do movimento sindical da categoria no centro de distribuição da cidade. Foi estudante de escola pública e chegou a ingressar no curso de economia na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), mas não concluiu. Atualmente, é estudante de história em outra instituição de ensino.

Nas eleições de 2016, foi candidato a vice-prefeito pelo PCO em Feira de Santana, ao lado de Leonardo Pedreira de Oliveira, mas a chapa não conseguiu o número de votos suficientes para ser eleita.

Rui Costa (PT)

Rui Costa foi confirmado pelo PT, em convenção do partido realizada neste sábado (4), em Salvador, como candidato reeleição ao governo da Bahia.

Economista por formação, Rui Costa, governador da Bahia desde 2015, nasceu no bairro da Liberdade, em Salvador. Concluiu o curso de instrumentação da Escola Técnica Federal (hoje IFBA) e a cursou ciências sociais antes de migrar para economia, na Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Foi presidente do Sindiquímica e ajudou a fundar o PT. Em 2000, foi eleito vereador pela capital baiana e reeleito em 2004. Entrou no governo de Jaques Wagner em 2007 como Secretário de Relações Institucionais. Em 2010, deixou o cargo para ser deputado federal. Dois anos depois, se tornou Secretário-Chefe da Casa Civil da Bahia, no segundo mandato de Wagner.