Ministério Público do Rio de Janeiro reconhece “barbeiragem” de Promotoras do caso Marielle

Ministério Público do Rio de Janeiro reconhece “barbeiragem” de Promotoras do caso Marielle


Não é nada bom o clima na cúpula do Ministério Público do Rio de Janeiro,  que considerou a atuação das Promotoras de Justiça que atuam no “cado Marielle” como um erro técnico, o qual jogou no lixo tudo que foi construído ao longo de 08 meses de investigação.

 A coletiva de imprensa, convocada para “explicar” a matéria veiculada no Jornal Nacional da Rede Globo de Televisão no dia anterior serviu de combustível para que uma crise fosse colocada dentro do gabinete do chefe do MP do Rio. Na avaliação do comando do MP-RJ, as promotoras não podiam ter feito perícia sobre uma fato relacionado ao presidente e tampouco convocar uma entrevista para falar sobre o assunto



Compartilhe