Os nomes que registraram candidatura ao Governo do Rio Grande do Norte nas eleições de 2018

Os nomes que registraram candidatura ao Governo do Rio Grande do Norte nas eleições de 2018


 Brenno Queiroga (Solidariedade)

O Solidariedade definiu o nome de Brenno Queiroga como candidato ao governo do Rio Grande do Norte em convenção partidária realizada no dia 20 de julho, em Natal. O candidato a vice-governador é o delegado Sérgio Leocádio, do PSC.

Brenno tem 37 anos e é engenheiro civil. Foi prefeito da cidade de Olho D'Água do Borges entre 2013 e 2016. Como plataforma de governo, ele defende a retomada do desenvolvimento do RN.

Carlos Alberto (PSOL)

O PSOL definiu o nome de Carlos Alberto como candidato ao governo do Rio Grande do Norte em convenção partidária realizada no dia 28 de julho, em Natal. A candidata a vice-governadora é a servidora pública Cida Dantas, do PSOL.

Carlos Alberto nasceu em São Paulo, tem 50 anos, é mestre em Administração de Recursos Humanos e doutor em Administração pela Universidade de São Paulo. No RN, disputou duas eleições pelo PT: em 2012 foi candidato a vice-prefeito e em 2014 disputou uma vaga de deputado federal. Essa é a primeira vez que ele se candidata ao governo. Ele escolheu a área de educação como prioridade e plano principal de governo.

Carlos Eduardo (PDT)

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) oficializou, durante convenção realizada no dia 4 de agosto, a candidatura de Carlos Eduardo para o governo do Rio Grande do Norte. Kadu Ciarlini, que é membro do PP, será o vice na chapa.

Carlos Eduardo Alves se elegeu deputado estadual pelo PMDB em 1986, e ocupou uma cadeira na Assembleia Legislativa por quatro legislaturas. Em 2000, Carlos Eduardo foi eleito vice-prefeito de Natal na chapa encabeçada por Wilma de Faria e em 2002 assumiu a Prefeitura de Natal com a renúncia da titular para disputar e vencer o Governo do Estado. Em 2004, foi reeleito prefeito. Em 2012, foi eleito prefeito novamente. E em 2016, reeleito com 63,42% dos votos válidos. Ele deixou a prefeitura de Natal em abril deste ano para concorrer ao governo do RN. Carlos Eduardo definiu o equilíbrio fiscal como uma das prioridades de governo.

Dário Barbosa (PSTU)

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) oficializou, durante convenção realizada no dia 3 de agosto, a candidatura de Dário Barbosa para o cargo de governador do Rio Grande do Norte. Dário Barbosa terá como vice na chapa a professora Socorro Ribeiro, também do PSTU.

Dário tem 65 anos e é professor das redes estadual e municipal de ensino. Iniciou sua militância política no movimento popular, nos anos de 1980, e depois no movimento sindical. Dário Barbosa já foi candidato pelo PSTU a prefeito de Natal e a governador do Estado. É um militante histórico no Rio Grande do Norte, sobretudo por manter firmes seus princípios e sua defesa do socialismo.

Fátima Bezerra (PT)

O Partido dos Trabalhadores (PT) oficializou, durante convenção realizada neste sábado (4), a candidatura de Fátima Bezerra para o governo do Rio Grande do Norte nas Eleições 2018. O candidato a vice-governador na chapa é Antenor Roberto (PCdoB).

Fátima é professora e pedagoga. Atualmente é senadora e foi deputada estadual Fátima Bezerra elegeu-se deputada estadual por dois mandatos, em 1994 e 1998. Foi eleita três vezes deputada federal, em 2002, 2006 e 2010. Em 2014 foi eleita senadora.

Freitas Júnior (Rede)

O Partido Rede Sustentabilidade oficializou, durante convenção realizada no dia 3 de agosto, a candidatura de Freitas Júnior para o cargo de governador do Rio Grande do Norte. Ele terá como candidato a vice-governador Flávio Rebouças, também do Rede.

Freitas Júnior nasceu em Alexandria, no interior do RN, e é servidor público estadual. Ele foi candidato a prefeito de Natal em 2016.

Heró Bezerra (PRTB)

O Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) oficializou, durante convenção realizada no dia 4 de agosto, a candidatura do bispo Heró Bezerra da Silva para o cargo de governador do Rio Grande do Norte.

O bispo Heró Bezerra já foi candidato a prefeito em Mossoró, a vereador e também a deputado, porém nunca ocupou cargo público. Neste ano, tenta pela primeira vez a chefia do Poder Executivo do Rio Grande do Norte.

Robinson Faria (PSD)

O Partido Social Democrático (PSD) oficializou, durante convenção realizada no dia 5 de agosto, a candidatura de Robinson Faria reeleição ao governo do Rio Grande do Norte. O candidato a vice é o empresário Tião Couto, do PR.

Robinson Faria é o atual governador do RN e concorre reeleição. Filho de empresário, entrou para a política por iniciativa própria e foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 1986. Nos dois últimos mandatos como deputado (2003-2006/2007-2010) foi presidente da Assembleia Legislativa. Em 2010, Robinson foi eleito vice-governador na chapa de Rosalba Ciarlini (DEM). Em 2014 foi eleito governador no segundo turno com 54,42% dos votos válidos.



Compartilhe