PSL - Diretório Nacional desautoriza Eduardo Bolsonaro a falar em nome do partido

PSL - Diretório Nacional desautoriza Eduardo Bolsonaro a falar em nome do partido


Luciano Bivar, presidente do PSL – Partido Social Liberal - acaba de divulgar uma nota em nome do patido, na qual repudia as declarações do líder da bancada na Câmara dos Deputados, Eduardo Bolsonaro que defendeu hoje, 31 de outubro, no canal do YouTube de Leda Nagle o retorno do AI-5.

NOTA DE REPÚDIO

O Diretório Nacional do Partido Social Liberal, com veemência, repudia integralmente qualquer manifestação antidemocrática que, de alguma forma, considere a reedição de atos autoritários.
A simples lembrança de um período de restrição de liberdades é inaceitável.
O Brasil demorou anos para voltar a respirar democracia e a eleger diretamente seus representantes, a um custo altíssimo, tanto para o Estado quanto para as vítimas do regime transitório.
Não podemos permitir que sejam abalados pilares democráticos caros, como a tolerância, a prática de aceitar o contraditório, as críticas e o trabalho importante da imprensa, que deve ser livre, sem amarras de qualquer tipo.
O PSL é contra qualquer iniciativa que resulte em retirada de direitos e garantias constitucionais.
Em nosso partido, a democracia não é negociável.
Fica aqui nossa manifestação de repúdio a esta tentativa de golpe ao povo brasileiro.

Executiva Nacional do PSL

Luciano Bivar
Presidente


Compartilhe