URGENTE: Bolsonaro diz que pegou áudios da portaria antes que o Ministério Público

URGENTE: Bolsonaro diz que pegou áudios da portaria antes que o Ministério Público


O presidente Jair Bolsonaro disse na manhã de hoje, 02 de novembro, em Brasília que “pegou os áudios das ligações realizadas entre a portaria e as casas do condomínio Vivendas da Barra antes que, segundo ele, os áudios fossem adulterados.  Só não disse quando isso ocorreu.

Agora, eu estava em Brasília, está comprovado. Várias passagens minhas pelo painel eletrônico da Câmara, com registro de presença, na quarta-feira geralmente parlamentar está aqui. Eu estava aqui, não estava lá, e outra, nós pegamos antes que fosse adulterado, pegamos lá toda a memória da secretária eletrônica, que é guardada há mais de anos, a voz não é minha. Não é o seu Jair. Agora, que eu desconfio, que o porteiro leu sem assinar ou induziram ele a assinar aquilo. Induziram entre aspas, né? Induziram a assinar aquilo" — disse Bolsonaro.

Sobre a fala do presidente, o Palácio do Planalto diz que não irá comentar.

Também neste sábado, Bolsonaro disse que o governador do Rio, Wilson Witzel , "manipulou" o processo que trata do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes . Ele completou que tem "convicção" de que o ex-aliado agiu para "botar meu nome lá dentro".

— A minha convicção é de que ele agiu no processo para botar meu nome lá dentro. Espero agora que não queiram jogar para cima do colo do porteiro. Pode até ser que ele seja responsável, mas não podemos deixar de analisar a participação do governador. Como é que pode um delegado da Polícia Civil ter acesso às gravações da secretária eletrônica? — questionou o presidente. Fonte: O Globo

 



Compartilhe